Apenas uma porta

A Umbanda tem apenas uma porta de entrada, muitos umbandistas devem ter ouvido esta frase quando entraram para suas casas.


Esta frase, se for mal compreendida ou utilizada de forma incorreta, dá a impressão de que a pessoa ao entrar para a Umbanda não poderá mais sair, que está assumindo um compromisso eterno. Alguns “dirigentes” a utilizam colocando medo em seu corpo mediúnico, como se um médium, ao querer sair de “Sua Casa” ou se afastar dos trabalhos mediúnicos, estaria assumindo um risco muito grande, e sua vida desandaria totalmente. Graças a Tupã, este tipo de abordagem quase não existe mais na comunidade umbandista, porque é um contrassenso para uma religião que prega o amor, a igualdade e a liberdade, fora que iria contra a lei universal do livre arbítrio.


Se interpretarmos esta frase da maneira correta, veremos que realmente a Umbanda tem uma única porta de entrada que é a porta do amor, e que por outra porta não se entra na Umbanda, pois servir à Deus só é possível se amarmos o que estamos fazendo e para quem estamos fazendo.


O médium pode sair da Umbanda na hora que achar que sua afinidade com o trabalho que é realizado acabar, mas mesmo assim pode continuar aplicando os conceitos ensinados pela Umbanda de amar a todos indiscriminadamente, fazer a caridade sempre que possível, ter humildade em seu coração e em suas atitudes com os outros.

Temos que lembrar que nos terreiros de Umbanda os dirigentes, assim como os pais, preparam seus filhos para o mundo e não para estarem presos a eles.


O nosso planeta é o grande terreiro e temos que ser mediadores todos os dias e não somente dentro dos templos construídos pelos homens.

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Em nossa Casa sempre observamos a preocupação dos Guias com a saúde das pessoas, sempre nos lembrando de que temos que cuidar de nossa mente, de nosso espírito e de nosso corpo, procurando ter uma vid

Em novembro de 2004 escrevemos em nosso informativo uma matéria sobre a água, com objetivo de alertar que devemos nos preocupar mais com a manutenção de nossos rios, lagos e mares, os quais vêm sofren

A Umbanda é uma religião pouco compreendida e as Entidades que trabalham como Exu Pomba Gira, talvez sejam um dos pontos vistos de forma mais errônea pela maioria. Muitos têm a visão que de que suas f